Balcão Único
Bolsa Nacional de Terras
Sistema de Informação do Regadio
Estatuto da Agricultura Familiar
Produtos Tradicionais Portugueses
Jovem Empresário Rural
Formação Profissional
Cartas de Pery
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
previous arrow
next arrow

 

Arrendamento rural

Decreto-Lei nº 294/2009 de 13 de outubro
No uso da autorização concedida pela Lei n.º 80/2009, de 14 de agosto, estabelece o novo regime do arrendamento rural.


Unidade de cultura

Portaria n.º 19/2019, de 15 de janeiro
A presente portaria procede à primeira alteração à Portaria n.º 219/2016, de 9 de agosto

Portaria n.º 219/2016, de 9 de agosto
Fixa a superfície máxima resultante do redimensionamento de explorações agrícolas com vista à melhoria da estruturação fundiária da exploração e a unidade de cultura.
Revoga a Portaria n.º 202/70 de 21 de abril.


Lei da Estruturação Fundiária

Lei 89/2019, 3 de setembro
A presente Lei procede à primeira alteração à Lei n.º 111/2015, de 27 de Agosto.Estabelece o Regime Jurídico da Estruturação Fundiária, altera o Código Civil, e revoga os Decretos-Leis n.os 384/88, de 25 de outubro, e 103/90, de 22 de março.

A presente Lei estabelece o regime da estruturação fundiária, com o objetivo de criar melhores condições para o desenvolvimento das atividades agrícolas e florestais de modo compatível com a sua gestão sustentável nos domínios económico, social e ambiental, através da intervenção na configuração, dimensão qualificação e utilização produtiva das parcelas e prédios rústicos.


Bolsa Nacional de Terras

Tem por objetivo facilitar o acesso à terra através da disponibilização de terras, designadamente quando as mesmas não sejam utilizadas, e, bem assim, através de uma melhor identificação e promoção da sua oferta.


Guia de Apoio aos Instrumentos de Estruturação Fundiária

Tendo-se verificado a existência de diversas interpretações na aplicação da legislação em vigor, a DGADR entendeu produzir um modelo orientador de forma a uniformizar procedimentos e a aplicação dos diversos instrumentos de estruturação fundiária por parte de todas as entidades envolvidas direta ou indiretamente nos processos que decorrem da aplicação da Lei n.º111/2015, de 27 de agosto alterada pela Lei 89/2019, 3 de setembro