Balcão Único
Bolsa Nacional de Terras
Sistema de Informação do Regadio
Estatuto da Agricultura Familiar
Produtos Tradicionais Portugueses
Jovem Empresário Rural
Formação Profissional
Cartas de Pery
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
IMG_4099.jpg
previous arrow
next arrow

As candidaturas para Academia do Centro de Frutologia Compal foram alargadas até ao dia 26 de fevereiro.

Candidaturas Prolongamento CFCDestinada a todos os empreendedores frutícolas que pretendam instalar-se pela primeira vez, aumentar a sua exploração agrícola ou reconvertê-la, podem candidatar-se agora até 26 de fevereiro de 2024 https://www.compal.pt/centro-frutologia-compal/academia/. A lista de culturas frutícolas com as quais se podem candidatar incluem, entre outras, alperce, amora, cereja, figo, figo da índia, framboesa, laranja, limão, maçã, mirtilo, pêssego, romã, pera, kiwi, groselha.

Alimentos não biológicos para animais.

No dia 10 de outubro de 2023, a DGADR publicou a nota “Alimentação animal em caso de situação catastrófica – situação de seca extrema ou severa”, autorizando a utilização de alimentos não biológicos para animais até ao dia 31 de dezembro de 2023.
Verificada a indisponibilidade de forragens frescas, secas ou ensiladas o prazo é alargado até ao dia 30 de abril de 2024.
A formalização dos pedidos mantém-se conforme consta na referida publicação.

Está aberto o período de apresentação das candidaturas para apoio às oito intervenções abrangidas pelo Programa nacional para apoio ao setor da Apicultura para o ano apícola 2025, conforme previsto no artigo 57º da Portaria nº 54-G-2023, de 27 de fevereiro, que estabelece as regras gerais nacionais complementares do domínio «B.2 – Programa nacional para apoio ao setor da Apicultura» do eixo «B – Abordagem sectorial integrada» do Plano Estratégico da Política Agrícola Comum para Portugal (PEPAC Portugal).

dgadr mpb
Os operadores abrangidos no âmbito do modo de produção biológico devem declarar a sua atividade à Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural (DGADR), sendo esta obrigatória e prévia para efeitos do controlo da produção. Esta notificação abrange todos os operadores que pretendam aderir à Produção Biológica, ou que já produzam, preparem, armazenem, distribuam ou importem de um país terceiro, produtos ou que os coloquem no mercado como sendo biológicos ou provenientes de uma exploração em conversão, obtidos em conformidade com as regras de produção estabelecidas no Regulamento (UE) 2018/848 e com contrato estabelecido com um Organismo de Controlo e Certificação, estão obrigados a notificar a sua atividade.


Foi publicada a Nota Informativa "Unidades de produção autónomas e independentes" pode ser consultada aqui

Empreitada de Reabilitação do Bloco das Salgadas do Aproveitamento Hidroagrícola do Lis
Lote 2 - Rede de Rega das Salgadas