Produdos Tradicionais Portugueses
biblioteca online
Parceria portuguesa para os solos
Sistema de Informação do Regadio
Bolsa Nacional de Terras
Rede Rural Nacional 
Boletim Informativo - Estratégia Nacional para a Agricultura Biológica e Plano de Ação
Agricultura biológica
Guia de apoio à criação de microempresas
Guia de apoio às explorações agrícolas
Serviço de Aconcelhamento Agrícola e Florestal
Tecnicos em Formação Regulamentada

 

 

Estatuto da Agricultura Familiar

 

Estatuto do Jovem Empresário Rural - JER

O Estatuto do Jovem Empresário Rural (JER) foi criado através do Decreto-Lei n.º 9/2019, de 18 de janeiro.

Pretende-se potenciar o empreendedorismo no mundo rural, a criação de novas empresas e a fixação de jovens empreendedores nas zonas rurais, contribuindo para a dinamização económica e criação de emprego.

A Portaria n.º 143/2019, de 14 de maio vem regulamentar o “Estatuto JER”.

Saiba mais 

 


 

“Alterações Climáticas e Agricultura”

No dia 26 de abril, a Direção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural participou no Simpósio “Alterações Climáticas e Agricultura” na 36ª OVIBEJA, tendo sido apresentada uma reflexão sobre a função das barragens intitulada “Ainda vale a pena construir barragens?”. 

A transformação do ambiente natural e construído (humanizado) tem de ser realizada de forma harmoniosa, evitando roturas, tornando-se indispensáveis novos paradigmas de desenvolvimento e mudanças de comportamentos, que integrem um conjunto de fatores físicos, biológicos e químicos associados aos seres vivos, influenciando-os e sendo influenciados por eles (Ambiente) e permitem sustentar as necessidades de água da atual sociedade. Mais do que nunca, é necessário convocar saberes vários de áreas muito diversificadas. O objetivo é proteger os recursos naturais (água, ar, solo) e o ambiente geral, tendo que considerar o fenómeno das Alterações Climáticas. A proteção é realizada através da implementação de medidas mitigadoras dos impactos nefastos para o ambiente, complementadas com medidas de adaptação, face às Alterações Climáticas. Neste âmbito, os aproveitamentos hidráulicos, incluindo os aproveitamentos hidroagrícolas, poderão atenuar o impacto das Alterações Climáticas, contribuindo para a sua mitigação (diminuição da produção dos gases com efeito de estufa, logo, atenuando a anormal subida da temperatura e a consequente alteração do ciclo hidrológico) e para a adaptação (constituindo uma reserva de água estratégia para diferentes usos, para sustentabilidade dos ecossistemas naturais fluviais e para fazer face aos fenómenos extremos). 

 

 

 

logo agri fam
CAOF
uso eficiente da agua
sistema de  reconhecimento de regantes

 

sir destaque2
Cartas Pery
NREAP
projeto BINGO